Startup que criou jogo Bolsomito 2k18 é investigada pelo MPDFT

Nesta quarta-feira, 10 de outubro, o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), por meio da Comissão de Proteção dos Dados Pessoais e do Núcleo de Enfrentamento à Discriminação, abriu inquérito civil público (ICP) para investigar a BS Studios, startup que desenvolveu jogo em que o personagem “Bolsomito” ganha pontos ao matar minorias. O jogo Bolsomito 2k18 está sendo comercializado pelo Steam, plataforma digital de distribuição de videogames.

O game foi lançado em 5 de outubro, dois dias antes do primeiro turno das eleições brasileiras.

No jogo, o usuário se coloca na pele do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) e ganha pontos ao matar feministas, gays, negros e integrantes de movimentos sem-terra. No entendimento do Ministério Público, o jogo possui clara intenção de prejudicar candidato à Presidência da República e com isso embaraçar as eleições 2018, além de causar danos morais coletivos aos movimentos sociais, gays e feministas.

A Valve Corporation, responsável pela Steam, será notificada para que cesse a disponibilização do jogo “Bolsomito 2k18” em sua plataforma de games, bem como informe os dados cadastrais dos responsáveis pelo jogo. O Centro de Produção, Análise, Difusão e Segurança da Informação do MPDFT também vai trabalhar para identificar e qualificar os responsáveis pela BS Studios.

Clique aqui para acessar o Inquérito Civil Público (ICP).

.

* * * * *

.

Fonte: Secretaria de Comunicação do MPDFT

Imagem deste post: ExplorerBob (banco de imagens pixabay)

.

Deixe o seu comentário:

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.