Testando Controles Internos (Desenho e Operação)

Trago a vocês este material produzido pelo Prof. Eduardo Pardini da Crossover Brazil. É um conteúdo objetivo e claro, apresentando a visão sobre testes de controles internos.

O controle interno é uma resposta ao fator de risco. Seu objetivo é reduzir a probabilidade de materialização do evento, trazendo o risco bruto (nota do editor: utilizo a expressão “risco inerente”) para o risco residual, alinhado ao apetite ao risco da organização.

A validação do controle pelo procedimento de teste de eficiência ou teste de eficácia visa entender se o controle e suas características são suficientes para manter o risco a níveis aceitáveis, dentro do apetite a risco.

O teste de eficiência (ou teste de desenho) (nota do editor: utilizo a expressão “teste de desenho”) objetiva validar se sua arquitetura e ferramenta são suficiente para detectar o evento de risco antes de sua materialização, ou então detectar a não conformidade para ser solucionada.

O teste de eficácia (nota do editor: utilizo a expressão “teste de eficácia’ ou “teste da operação do controle”) objetiva validar se o controle está evitando ou detectando o evento de risco no período avaliado dentro do esperado na sua modelagem.

Testando Controle Interno
Testando Controle Interno

Deixe o seu comentário:

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rodapé do Site